Ucrânia junta-se à candidatura de Espanha e Portugal ao Mundial de 2030

Access to the comments Comentários
De  euronews
Presidentes das federações de futebol de Portugal, Espanha e Ucrânia na conferência de imprensa em Nyon (Suíça)
Presidentes das federações de futebol de Portugal, Espanha e Ucrânia na conferência de imprensa em Nyon (Suíça)   -   Direitos de autor  MARTIAL TREZZINI/' KEYSTONE / MARTIAL TREZZINI

A Ucrânia junta-se à candidatura de Espanha e Portugal ao Mundial de Futebol de 2030

A notícia foi oficializada pelos presidentes das federações de futebol dos três países, numa conferência de imprensa na Suíça.

Toda a Europa respondeu a uma só voz quando foi chamada a ajudar. Fizemos muito, é certo, mas temos de continuar a fazer. A consciência da realidade que se continua a viver na Ucrânia a isso nos obriga.

Foi esta a razão que levou Portugal e Espanha a incorporar a Federação Ucraniana na candidatura ao Mundial 2030.
Fernando Gomes
Presidente da Federação Portuguesa de Futebol

Este projeto de união de forças conta com a aprovação do presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy e pretende jogar com a esperança na paz e na reconstrução dentro das quatro linhas.

Os chefes de governo de Portugal e Espanha, António Costa e Pedro Sánchez, disseram que os dois países estão prontos, juntamente com a Ucrânia, para receber em 2030 um Mundial de futebol “para a paz”.