Novas acusações contra principal suspeito do caso Maddie McCann

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Vigília por Maddie McCann (arquivo)
Vigília por Maddie McCann (arquivo)   -   Direitos de autor  STRINGER/AFP or licensors

O alemão Christian Brueckner, suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann em 2007 no Algarve, foi acusado no país natal de vários crimes sexuais cometidos em Portugal entre 2000 e 2017.

O procurador de Brunswick, Hans Christian Wolters, precisou que não estão relacionadas com o caso mediático da menina britânica.

Em conferência de imprensa, o procurador alemão descreveu alguns dos crimes que agora são imputados a Brueckner, nomeadamente a violação de uma jovem irlandesa de 20 anos, em 2004, num aldeamento da Praia da Rosa, no Algarve. Um crime cometido de forma "brutal", nas palavras de Wolters. 

Brueckner foi agora acusado de um total de três crimes de violação e dois de abuso sexual de menores em território português.

O suspeito terá filmado pelo menos dois dos crimes. 

Algumas das provas dos crimes terão sido obtidas durante as buscas realizadas numa casa em Brunswick que terá sido a última residência de Brueckner em território alemão.

O Ministério Público alemão tem dado continuidade às investigações relativas ao desaparecimento da pequena Maddie, mas para já não existe qualquer acusação formal contra Brueckner, embora este continue a ser o principal suspeito.