This content is not available in your region

Candidatos presidenciais trocam acusações

Access to the comments Comentários
De  euronews
Candidatos à presidência Lula da Silva e Jair Bolsonaro
Candidatos à presidência Lula da Silva e Jair Bolsonaro   -   Direitos de autor  BANDEIRANTES TV   -  

Os dois candidatos à presidência do Brasil regressaram aos debates televisivos no domingo à noite.

Durante o debate, acompanhado por milhões de brasileiros, Lula da Silva e Jair Bolsonaro trocaram acusações relacionadas com corrupção e a gestão da pandemia de Covid-19.

"A verdade é que não cuidou (das pessoas durante a pandemia da COVID-19), gozou, riu, disse que não tomaria a vacina, aqueles que tomaram a vacina tornar-se-iam jacarés, tornar-se-iam homossexuais, que não deveriam tomar a vacina. Gozaram com as pessoas, imitaram pessoas a afogarem-se sem oxigénio em Manaus. Não há na história de nenhum governo do mundo alguém que tenha brincado com a pandemia e com a morte como você fez", disse o antigo presidente e candidato, Luiz Inácio Lula da Silva. 

O atual presidente, Jair Bolsonaro, respondeu acusando o antigo presidente de corrupção e de desvio de fundos públicos. 

Antes do debate, sondagens colocavam Lula da Silva à frente com 49% das intenções de voto.

"Você desviou dinheiro para a corrupção. Tudo tinha corrupção no seu governo, tudo. Negou água ao nordeste. Tirou (a eles, ed.) água com a transposição. Além disso, o exército trabalhou arduamente no nordeste, escavando poços para aquelas pessoas que estão longe destes riachos maciços que têm água dos vários rios", afirmou o presidente Jair Bolsonaro.

Na primeira volta das presidenciais, o candidato do Partido dos Trabalhadores, obteve 48% dos votos, contra o Presidente Bolsonaro, que atingiu os 43%.

Os brasileiros regressam às urnas no final do mês.