Rishi Sunak pede estabilidade e união na véspera de se tornar primeiro-ministro

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Rishi Sunak na sede do Partido Conservador
Rishi Sunak na sede do Partido Conservador   -   Direitos de autor  AP Photo/Aberto Pezzali

Tem 42 anos e foi ministro das finanças de Boris Johnson. Rishi Sunak será o novo chefe do governo do Reino Unido. O Partido Conservador escolheu-o como novo líder para suceder a Liz Truss, que se demitiu do cargo depois de 45 dias de um mandato marcado pelo caos económico.

A primeira-ministra cessante felicitou o sucessor e, após 45 dias na liderança do governo, manifestou agora "total apoio" para o próximo residente oficial do número 10 de Downing Street, em Londres.

"O Reino Unido é um grande país, mas não há dúvida de que enfrentamos um profundo desafio económico. Precisamos agora de estabilidade e unidade, e será a minha maior prioridade reunir o nosso partido e o nosso país. Comprometo-me a servir-vos com integridade e humildade e trabalharei dia após dia para o povo britânico", disse Sunak, nas primeiras declarações depois de ser confirmado como o novo líder dos Conservadores.

A desistência de Penny Mordaunt deixou o caminho livre para Sunak, que não será primeiro-ministro até receber a ordem de formar um governo pelo rei. Carlos III já viajou para Londres e esta terça-feira deve aceitar a demissão de Liz Truss.

Para já, os mercados dão um sinal positivo. Acreditam que Sunak será capaz de corrigir os erros económicos de Truss e restaurar a confiança dos investidores.