This content is not available in your region

ONU pede ajuda para um milhão de deslocados em risco na Ucrânia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Família ucraniana em viagem de comboio para a zona ocidental do país
Família ucraniana em viagem de comboio para a zona ocidental do país   -   Direitos de autor  Nariman El-Mofty/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.   -  

Há cerca de um milhão de pessoas deslocadas internamente na Ucrânia em risco, que procuram abrigo principalmente na parte ocidental do país. 

Este movimento está a causar uma forte tensão nas instalações locais. 

O porta-voz da ONU, Stephane Dujarric fala do apoio necessário urgente: "Há agora 1 milhão de pessoas em 5.670 locais onde pessoas deslocadas procuram abrigo e apoio temporários e onde é precisa ajuda à medida que o inverno se aproxima. As necessidades mais urgentes são roupas de inverno, cobertores, fogões portáteis e combustível sólido".

Dujarric diz que a ONU, com os seus parceiros humanitários, está a distribuir artigos essenciais, e a concentrar-se na reparação e reabilitação de locais, que possam acolher pessoas deslocadas antes do inverno

Para além dos deslocados internos, mais de 7,7 milhões de ucranianos deixaram o país desde fevereiro.

Face às dificuldades, o governo ucraniano pede a estes cidadãos que não regressem pelo menos até à primavera, para retirar a pressão das redes de energia da Ucrânia.

Calcula-se que os ataques aéreos russos tenham destruído, até agora, mais de um terço do setor energético do país.