"Rússia deporta crianças ucranianas para adoção"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Retirada de pessoas em Kherson
Retirada de pessoas em Kherson   -   Direitos de autor  Euronews

Com a saída de pessoas da região de Kherson, devastada pela guerra, continua a circular a informação de que funcionários russos admitem que crianças estão a ser retiradas de zonas de batalha na Ucrânia para adoção na Rússia. Na última atualização sobre a situação no terreno, o Instituto para o Estudo da Guerra, com sede nos Estados Unidos, diz que a confirmação veio dos meios de comunicação russos, que citam altos funcionários do Estado. Esta quarta-feira escreveram que a Comissária russa para os Direitos da Criança adotou uma criança ucraniana que foi deportada de Mariupol e alegou que o seu gabinete está a trabalhar para "reabilitar" crianças ucranianas de zonas de combate ativo. Para o instituto, as alegadas adoções seriam provavelmente uma violação da Convenção da ONU sobre a Prevenção e Punição do Crime de Genocídio.