Circulação sem vistos na UE para cidadãos do Kosovo em janeiro de 2024

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Cidadã com passaporte da República do Kosovo
Cidadã com passaporte da República do Kosovo   -   Direitos de autor  Visar Kryeziu/AP

A partir de 1 de janeiro de 2024, os cidadãos do Kosovo poderão viajar sem visto no espaço Schengen.

A decisão, que foi anunciada após a reunião dos embaixadores da UE, e ainda terá de ser aprovada pelo Conselho e votada no Parlamento Europeu, está a ser bem recebido no país, mas os kosovares querem ver para crer.

Em Pristina, uma jovem afirma: "Considerando os tempos anteriores, em que eles prometeram mas nada aconteceu, penso que o mesmo acontecerá agora".

Um idoso diz: "Temos muitas razões para suspeitar. Penso que a Europa fez muitos cálculos connosco, um país muito pequeno, com apenas alguns habitantes".

Outro cidadão espera que seja desta: "Desejo que desta vez seja verdade e que não se adie mais, ou ficaremos ainda mais desapontados".

Alguns analistas veem a decisão como uma ameaça da União Europeia. Adrian Çollaku, analista político critica: "Infelizmente, é um processo que não deveria estar ligado ao diálogo Kosovo-Sérvia, mas esteve ligado. Assim, vemos o prazo de 2024 como uma ameaça que a UE está a fazer para connosco".

Gazmir Raci, outro analista considera: "A questão dos vistos é uma questão política. Não tem nada a ver com normas ou critérios técnicos. Portanto, o progresso ou o recuo no diálogo pode ter um efeito na fase seguinte da liberalização de vistos".

O Primeiro-Ministro saudou a decisão sem estabelecer qualquer ligação com o diálogo Kosovo-Sérvia.

Albin Kurti, diz que "Esta decisão é um reconhecimento do compromisso do país para com o Estado de direito, a guerra contra a corrupção, o reforço do controlo fronteiriço e o tratamento da imigração".

As regras que vão permitir aos titulares de passaportes do Kosovo viajar para a UE sem vistos durante 90 dias, em qualquer período de 180 dias, estão inscritas no Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagens, ETIAS.

O ETIAS é uma autorização de viagem para cidadãos não comunitários que não necessitam de visto para o Espaço Schengen e foi desenvolvido para que os viajantes destes países possam continuar a viajar sem visto, melhorando ao mesmo tempo a gestão e segurança das fronteiras em toda a Europa.

Apesar de o Conselho Europeu ainda não se ter pronunciado, a Comissão Europeia, que recomenda esta solução, considera que o Kosovo fez progressos significativos na segurança de documentos, gestão de fronteiras e migração, ordem e segurança pública, e direitos fundamentais relacionados com a liberdade de circulação.

Atualmente, os cidadãos do Kosovo são os únicos da região dos Balcãs que não podem circular sem visto no espaço Schengen.