1700 focas aparecem mortas no Mar Cáspio

Access to the comments Comentários
De  euronews
Focas mortas nas praias
Focas mortas nas praias   -   Direitos de autor  AP/RU-RTR Russian Television

Cerca de 1 700 focas mortas deram à costa no Mar Cáspio, na região russa do Daguestão.

De acordo com o Centro Ambiental do Cáspio os mamíferos terão morrido há cerca de duas semanas.

Os animais mortos foram encontrados no distrito de Kirovsky em Makhachkala, perto de um depósito de petróleo, no entanto, segundo o ministério russo regional dos Recursos Naturais, as análises afastaram intoxicação com metais pesados ou pesticidas como causa da morte.

As autoridades russas acreditam que as focas terão morrido de causas naturais. O ministério acredita que a morte dos mamíferos não irá afetar criticamente a sua população, uma vez que o número de animais, segundo os dados mais recentes, é estável e varia entre 270 a 300 mil indivíduos.

A foca do Mar Cáspio é o único mamífero que ali vive. Foi declarada em perigo em 2008.