Autoridades não excluem mais buscas e detenções

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Alemanha
Alemanha   -   Direitos de autor  AFP

As autoridades de segurança alemãs não excluem mais buscas e detenções a membros do grupo de extrema-direita "Reichsbürger".

As autoreidades revelaram que até agora foram identificados 54 indivíduos no núcleo do grupo que foi desmantelado ontem. 19 indivíduos já se encontram sob custódia.

O chefe da Polícia Federal Criminal da Alemanha falou literalmente de uma "mistura perigosa de pessoas" que aplicariam condenações irracionais e reccorriam mesmo ao uso de armas

O Chefe da Polícia defendeu, tal como o Gabinete para a Protecção da Constituição, a realização de controlos de segurança obrigatórios aquando da contratação de agentes da polícia, por exemplo.

"O número de pessoas acusadas, do qual nós e o Procurador-Geral da República em particular, naturalmente, assumimos que são membros ou apoiantes desta organização terrorista , totaliza actualmente 54. Ontem, somaram-se mais 2. E identificámos outros indivíduos que ainda não sabemos exactamente qual o seu estatuto em relação a este grupo. É bem possível que o número de acusados venha ainda a crescer, " revelou o chefe da Polícia Federal Criminal da Alemanha.

Na quarta-feira, um total de 25 pessoas foram presas na Alemanha, Itália e Áustria. Cerca de 3000 agentes foram destacados para as rusgas.

A Procuradoria Federal acusa 22 suspeitos de serem membros de uma organização terrorista que pretendia derrubar o sistema político na Alemanha.