This content is not available in your region

Close e Polanski brilham em Zurique

Close e Polanski brilham em Zurique
De  Ricardo Figueira

<p>Glenn Close e Roman Polanski foram as estrelas do Festival de Cinema de Zurique, este ano. </p> <p>A atriz norte-americana foi homenageada com um prémio de carreira, a celebrar 42 anos de filmes. O papel de mulher pérfida em “Atração Fatal” celebrizou-a. Foi também a Cruela de 101 Dálmatas e a marquesa de Merteuil em “Ligações Perigosas”. O mais recente filme, “The Wife”, de Björn Runge, foi apresentado em Toronto e aplaudido pela crítica. </p> <p><iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/Tgm2sDrq500" frameborder="0" allowfullscreen></iframe></p> <p>Roman Polanski regressou a Zurique, depois das más recordações de há oito anos, quando foi detido e passou dez meses em prisão domiciliária, por causa de um velho caso de violação que ainda hoje o impede de visitar os Estados Unidos.</p> <p>Apresentou aqui o mais recente filme, “D’après une histoire vraie”. Mulher de Polanski na vida real, Emmanuele Seigner contracena aqui com Eva Green. O argumento é de Olivier Assayas, baseado num livro de Delphine de Vigan. </p> <p><iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/2FFjCMcDEAg" frameborder="0" allowfullscreen></iframe></p>