This content is not available in your region

Renasce no Egito a estrada dos Deuses

Renasce no Egito a estrada dos Deuses
Direitos de autor  AFP   -  
De  Nara Madeira  com AP, AFP

As autoridades egípcias reinauguraram, na cidade de Luxor, um antigo caminho, que remonta há 3.000 anos e que foi alvo de obras de recuperação.

Conhecida como a Avenida das Esfinges, mas também apelidada de Estrada dos Carneiros ou dos Deuses, ela liga os famosos templos de Karnak e Luxor no que foi a cidade de Tebas, capital do Egito na antiguidade. 

Acredita-se que este terá sido o caminho percorrido por peregrinos para visitar os templos e prestar homenagem às divindades.

O egiptólogo Zahi Hawas explicava que esta via esteve "enterrada e foi descoberta em 1949" mas que só "entre 2005 e 2011" foi iniciado "o mais importante projeto de restauração que continuou com o atual ministro das Antiguidades, Khaled Anany, e o secretário-geral do Conselho Supremo das Antiguidades, Mostafa Waziri". Atulmente há mais de 1.000 estátuas, algumas delas sem cabeça.

Este é um dos projetos das autoridades egípcias que pretendem dar ênfase os tesouros arqueológicos do país e relançar o Turismo ainda muito afetado pela turbulência política, ocorrida na sequência da revolta popular de 2011 que pôs fim ao regime de Hosni Mubarak. Mas não só, a crise criada pela pandemia de Covid-19 também afetou, e continua a afetar, um setor que é um dos mais importantes para o país.