This content is not available in your region

Rendez-Vous: Eventos culturais a não perder na Europa

euronews_icons_loading
Exposição "Viva Venezia!", no Belvedere, em Viena
Exposição "Viva Venezia!", no Belvedere, em Viena   -   Direitos de autor  screengreb
De  Euronews

No prestigiado Museu Victoria and Albert, em Londres, está patente a mostra "Africa Fashion", uma panorâmica histórica de vestuário desde os anos 50 e 60 do século XX, anos de libertação , em que 24 nações africanas se libertaram do domínio colonial, até aos designers dos tempos modernos.

Nos últimos anos, os movimentos anti-racistas, incluindo a Black Lives Matter, levaram o Reino Unido a refletir sobre a sua relação com o seu passado colonial, nas coleções de museus, nas estátuas e nos monumentos.

"Africa Fashion" é a maior exposição de sempre dedicada à moda africana no Reino Unido e pode ser vista até abril de 2023.

Da moda, para o cinema. O Festival Internacional de Cinema da cidade termal de Karlovy Vary, na Chéquia,  estende o tapete vermelho para receber as maiores estrelas de cinema do mundo durante uma semana.

É um dos festivais de cinema mais importantes da Europa, idealmente situado entre o Oriente e o Ocidente, marcado por uma forte competição e tem um Globo de Cristal para atribuir a 8 de julho.

Tal como Ethan Hawke e Johnny Depp no ano passado, Benicio del Toro e Geoffrey Rush serão premiados este ano vão ser premiados este ano.

Em Viena exibe-se, até 4 de setembro, o saudosismo de Veneza. Já não nos lembramos mas, no século XIX, Veneza esteve sob o domínio dos Habsburgos e do Império Austro-Húngaro.

Na altura, os artistas austríacos foram atraídos pelos encantos da Serenissima mais do que nunca, como atesta a exposição de cerca de 80 quadros "Viva Venezia!", patente no Belvedere, em Viena.

Pintura, mas também literatura e cinema para mostrar uma nova visão de Veneza que tomou forma no imaginário austríaco.