This content is not available in your region

Croácia adere ao euro

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Em Janeiro próximo, a Croácia torna-se membro de pleno direito do Conselho do Banco Central Europeu.
Em Janeiro próximo, a Croácia torna-se membro de pleno direito do Conselho do Banco Central Europeu.   -   Direitos de autor  ANDRE PAIN/AFP or licensors   -  

A Croácia é oficialmente o 20º membro da zona monetária do euro.

A adesão à moeda única ocorre num momento pouco auspicioso, dada a subida vertiginosa da inflação e a tendência para o aumento dos preços devido ao seu arredondamento aquando da adesão de um país.

No entanto, o dia é importante dado que a Croácia aderiu à União Europeia em 2013 e foi atingida por um conflito armado brutal nos anos 1990.

A adesão ao euro é também vista como um indicador de uma maior integração europeia.

Este é um grande dia para a União Europeia, para a união monetária europeia, porque o facto de a Croácia se tornar no 20º estado-membro da zona euro é também um sinal claro de que a integração europeia está a progredir, apesar de todos os desafios que enfrentamos. Esta é uma mensagem forte e positiva para todos os cidadãos europeus, todos os nossos clientes e todos os nossos mercados.
Zdravko Marić, Ministro das Finanças da Croácia

Apesar de factores geopolíticos como a guerra na Ucrânia estarem a enfraquecer a moeda - o euro está agora em paridade com o dólar pela primeira vez em vinte anos - a longo prazo prevê-se que a adesão ao euro da Croácia terá um efeito estabilizador do ponto de vista tanto político como económico, facilitando o investimento e reduzindo os custos cambiais.

Claramente um país como a Croácia, que não há muito tempo sofreu com a guerra civil e grandes atos de destruição, é agora um membro pleno do núcleo interno da União Europeia. E como tal, na minha opinião, a médio e longo prazo irá beneficiará de níveis muito mais baixos de inflação, de estabilidade monetária, de taxas de juros mais baixas e, claro, da influência política que ser membro do euro dá ao país.
Jacob Kirkegaard, German Marshall Fund

No dia 1 de Janeiro do próximo ano, a moeda entra oficialmente em circulação e a Croácia torna-se membro de pleno direito do Conselho do Banco Central Europeu.