O fantasma do "Brexit" e as fotos assustadoras do MWC

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira
O fantasma do "Brexit" e as fotos assustadoras do MWC

<p>O termo “Brexit” apareceu pela primeira vez na imprensa britânica no início de 2012.</p> <p>No dia 1 de janeiro desse ano, o jornal The Guardian informou que uma nova palavra circulava em Bruxelas.</p> <p>Em janeiro de 2013, o primeiro-ministro David Cameron fez um discurso sobre a Europa, para dizer que a adesão da Grã-Bretanha à União Europeia devia ser renegociada, e devia ser organizado um referendo para decidir se o país deveria permanecer na União Europeia ou sair.</p> <p>Foi assim que o termo “Brexit” nasceu. Na verdade, já que é o Reino Unido que sai, a palavra adequada seria “UKexit” mas soa mais pesado.</p> <p>Naquela época, “Brexit” foi ofuscado pelo termo que tinha imitado – “Grexit”. Quatro anos a discutir as chances de a Grécia deixar a zona Euro são menos impressionantes que imaginar o Reino Unido a abandonar a União Europeia. É este assunto que vamos analisar na edição desta semana de Business Line.</p> <p>No nosso dossier sobre Tecnologia de Informação (IT), vamos espreitar as fotos bizarras do Mobile World Congress em Barcelona.</p> <p>Quando publicou a foto que mostra a sua entrada no vento de apresentação mundial da nova câmara panorâmica Gear 360 da Samsung, Mark Zuckerberg queria apenas partilhar um momento engraçado. </p> <p>O resultado foi diferente, pois transportou-nos para o futuro de uma humanidade alienada pela realidade virtual. Alguém pensou em “Matrix”?</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" data-lang="it"><p lang="en" dir="ltr">This photo of our new overlord marching amongst his plugged in subjects is really something <a href="https://t.co/VP3iB6rfws">pic.twitter.com/VP3iB6rfws</a></p>— Owen Williams ⚡️ (@ow) <a href="https://twitter.com/ow/status/701528914691227648">21 Febbraio 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p>