This content is not available in your region

Business Planet: O que é tecnologia de dupla utilização e como se financia?

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Business Planet: O que é tecnologia de dupla utilização e como se financia?

<p>Os bens, os serviços e as tecnologias de dupla utilização, seja civil ou militar, oferecem oportunidades magníficas às Pequenas e Médias Empresas (<span class="caps">PME</span>). Nesta edição de “Business Planet” vamos aprofundar esta ideia de dupla utilização e quais os financiamentos existentes para este crescente conceito de negócio. Para isso, viajámos até Aarhus e conversámos com Klaus Boving, diretor executivo (<span class="caps">CEO</span>) do CenSec, o Centro para a Defesa, Espaço e Segurança na Dinamarca, sobre tecnologias de dupla utilização, uma nova janela de oportunidades para as <span class="caps">PME</span> da Europa. </p> <p>De que é que estamos a falar, exatamente? “A dupla utilização é um novo modelo de negócio na Europa, que motiva empresários e <span class="caps">PME</span>’s a desenvolver os respetivos negócios tanto no setor civil como no da defesa e segurança”, começa por nos explicar Klaus Boving. </p> <p>Fomos, entretanto, conhecer mais de perto uma destas empresas especializada em tecnologias de dupla utilização. <a href="http://www.ohmatex.dk/">A Ohmatex</a> tem vindo a desenvolver o cabo de <span class="caps">USB</span> (“Universal Serial Bus”) mais fino do mundo. Esta tecnologia mistura tecido e fios eletrónicos. Foi concebida nesta empresa, que integra uma dúzia de empregados.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Meet Danish <a href="https://twitter.com/hashtag/wearabletech?src=hash">#wearabletech</a> startup <code>Ohmatex—one of the pioneers in intelligent textile development. <a href="https://t.co/FhDH2Nhp8l">https://t.co/FhDH2Nhp8l</a></p>&mdash; Third Wave Fashion (</code>3rdWaveFashion) <a href="https://twitter.com/3rdWaveFashion/status/711540042628468738">20 de março de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Há mais de uma década que esta empresa tem vindo a focar-se na interligação do têxtil com a eletrónica. Os têxteis “inteligentes” são a marca de produção da Ohmatex. “Esta tecnologia, que temos vindo a usar no programa da Agência Espacial nas calças dos astronautas, também é usada para medir edemas em situações de pré-eclampsias nas mulheres grávidas”, explica-nos o diretor executivo Klaus Østergaard.</p> <p>Conceber produtos têxteis integrando sensores, recolher e saber usar os dados gerados representa o potencial desta <span class="caps">PME</span> dinamarquesa. O valor é tal que a Ohmatex tem vindo a ser procurada por gigantes de áreas como o desporto, a informática ou do digital.</p> <p>Outro mercado potencial é o militar, onde este género de tecnologia permite aplicações muito concretas. “Os militares dinamarqueses, por exemplo, querem reduzir o peso do equipamento dos soldados em 20 por cento. Cabos de tecido flexível, capazes de se integrar diretamente no uniforme, revelam-se uma boa solução”, garante Klaus Østergaard.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/EuropeDay?src=hash">#EuropeDay</a> reminds us how strong we are together. That's the force behind Network success! <a href="https://t.co/xELo7MsyBc">https://t.co/xELo7MsyBc</a> <a href="https://t.co/axE68SXD2f">pic.twitter.com/axE68SXD2f</a></p>— Enterprise Europe EU (@EEN_EU) <a href="https://twitter.com/EEN_EU/status/729593552284553216">9 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>O diretor da Ohmatex mostra-se otimista e até pretende até contratar novos engenheiros. O facto de desenvolver produtos de dupla utilização permite-lhe obter uma espécie de selo de qualidade reconhecido no mercado. “Conseguir introduzir os cabos de tecido numa aplicação militar seria uma validação fantástica da durabilidade e da robustez destes cabos”, perspetiva o diretor da Ohmatex.</p> <p>Perguntámos a Klaus Boving quais as possibilidades de financiamento para este tipo de projetos. “Existem várias possibilidades de se obter financiamento europeu para um negócio de dupla utilização. Por exemplo, para melhorar a investigação e o desenvolvimento; as relações internacionais; ou o capital humano”, explicou-nos o responsável do CenSec.</p> <p>Um guia “online” nas páginas da Comissão Europeia permite encontrar informações mais precisas. Para saber, por exemplo, quais são os projetos de dupla utilização elegíveis para financiamentos europeus (em baixo).</p> <script id="infogram_0_TeumFO6KCSbChcsH" title="EU dual-use" src="//e.infogr.am/js/embed.js?D9Q" type="text/javascript"></script> <p>O trabalho do CenSec é acompanhar as <span class="caps">PME</span> e os empresários dedicados a estes negócios de dupla utilização. “Somos a maior organização na Dinamarca a faze-lo. Mas há muitas outras, sejam “clusters” ou redes de trabalho, também a faze-lo por toda a Europa”, conclui Klaus Boving, apelando aos interessados nestes projetos para contactarem o CenSec.</p> <div style="width:600px; margin:20px 0 20px 0;"> <div style="border-top: #333 3px double; border-bottom: #333 3px double; font-size:14px; padding-top:16px; padding-bottom:16px;"> <h3>Dupla utilização</h3> <ul> <li>Produtos, serviços ou tecnologias de dupla utilização ou aplicação destinam-se às necessidades civil e de defesa (militar). Abrangem uma diversidade de áreas como a eletrónica, a navegação ou a aeronáutica.</li> <li>Telemóveis, internet, <span class="caps">GPS</span> e fornos de micro-ondas têm origem na pesquisa militar. Hoje em dia, assistimos ao reverso da medalha: produtos desenvolvidos para o setor civil acabam por ser usados com objetivos militares.</li> <li>A dupla utilização proporciona novas oportunidades de negócio às empresas da União Europeia (UE), em particular às <span class="caps">PME</span>.</li> <li>Os projetos de dupla utilização também podem beneficiar do financiamento da UE através de programas como o <span class="caps">COSME</span>, o Horizon 2020 e os Fundos Europeus Estruturais e de Investimento.</li> </ul> <h3>Ligações úteis</h3> <ul> <li><a href="http://ec.europa.eu/growth/sectors/defence/industrial-policy/smes/index_en.htm">Mais informação acerca de <span class="caps">PME</span> relacionadas com a defesa</a></li> <li><a href="http://ec.europa.eu/DocsRoom/documents/12601">Guia: Fundos da UE para projetos de dupla utilização</a></li> <li><a href="https://www.eda.europa.eu/what-we-do/eda-priorities/eu-funding-opportunities">Oportunidades de financiamento da UE</a></li> <li><a href="http://www.censec.dk" title="Dinamarca">Centro para a Defesa, Espaço e Segurança</a></li> <li><a href="http://http://www.ohmatex.dk" title="Dinamarca">Ohmatex</a></li> </ul> </div> </div>