Skip to main content

Vaticangate: O escândalo de abusos sexuais na igreja católica

Pope Benedict XVI

Uma nova vaga de escândalos abala a Igreja católica desde o início do ano. Centenas de novos casos de abuso sexual de menores, em paróquias e instituições católicas, foram revelados desde Março na Europa e nos Estados Unidos. As vítimas acusam o Vaticano de ter tentado ocultar as situações, apontando responsabilidades ao mais alto nível. Nos Estados Unidos e na Alemanha, advogados e associações de vítimas acusam o Papa Bento XVI de ter fomentado uma política de silêncio, desde os tempos em que chefiava a Congregação para a Doutrina da Fé.


Afficher Vaticangate in a larger map

Citations

 Christian Terras

Christian Terras

runs the progressive Catholic magazine 'Golias'. This publication has been among the harshest critics of Rome. For two decades it has condemned the 'laissez faire' approach of the Church towards the sexual abuse of children.

"If Benedict XVI, the future Benedict XVI, becomes aware in the beginning of this decade the extent of the problem, how serious it is, and takes internal measures, there's only so much he can do. The honour of the Church calls for it not to cooperate with civil justice authorities."

 Hans Küng

Hans Küng

is a theology professor. His is one of the most critical voices of Benedict XVI's papacy. He advocates deep reform within the Catholic Church to solve the issue of paedophile priests, including re-opening the debate on tending celibacy and allowing women to become priests.

"And it must be said that the Pope does have a responsibility, because, since he was prefect of the faith, he was shown everything, for the last 22 years".

Federico Lombardi

is the Vatican's spokesman. He gave an exclusive interview to euronews to answer several accusations made against the Catholic Church in the recent wave of sex abuse scandals.

"...the contradiction of actions which are manifestly opposed to what we teach from the point of view of moral behaviour and respect of others, obviously hurts in a harder, deeper way for an institution that maintains and wants to keep its moral authority".

Jörg Fegert

is a child psychologist. In 2004 he contributed, as an independent expert, to a Vatican report on how to prevent child abuse. He participates in the series of roundtable talks organised by the German government and the Catholic Church to discuss measures to avoid further cases inside the religous institutions.

"An apology when it is just a gesture is not enough, in my opinion. But what I think is very, very important is the fact that these events are being discussed in public, that a big and powerful institution is confronted with the negative outcome of its deeds".

Datas e números

1985 - É revelado o primeiro caso de abuso sexual de menores no seio da igreja Católia norte-americana. Um padre da Louisiana é condenado a 20 anos de prisão por ter abusado sexualmente de dezenas de crianças. É a primeira de uma longa série de escândalos no país.

 

2007: A Diocese de Los Angeles aceita pagar 660 milhões de dólares de indemnizações (1 milhão de dólares por cada caso) às vítimas de sevícias sexuais cometidas por padres desde 1940.

 

2009: Dois relatórios publicados na Irlanda - o relatório Ryan e o relatório Murphy - revelam a forma organizada como a Igreja católica nacional tentou ocultar mais de 14500 acusações de pedofilia entre 1970 e 2000.

 

2010: Alemanha. Cerca de 170 antigos alunos de colégios internos católicos declaram ter sido vítimas de abusos sexuais. Acusações similares emergem na Áustria e Holanda.

 

12 Março 2010: A Diocese de Munique reconhece ter cometido um erro grave ao permitir que um padre, acusado de abuso sobre menores, regresse ao exercício do sacerdócio. O Vaticano nega qualquer implicação de Bento XVI, que, na época, ocupava o cargo de arcebispo de Munique.

 

17 Março 2010: O primaz de Irlanda, Monsenhor Sean Brady, pede desculpas em público por não ter denunciado os casos de abuso sexual no seio do clero de que teve conhecimento nos anos 70 e 80.

 

20 Março 2010: O Papa endereça uma carta aos fiéis irlandeses para que denunciem todos os casos de abuso sexual de menores às autoridades do país.

 

25 Março 2010: O jornal New York Times revela que a decisão de ocultar um caso de pedofilia nos Estados Unidos teria passado por Bento XVI.

 

12 Abril 2010: O número dois do Vaticano, Tarcisio Bertone, pronuncia um discurso polémico no Chile, no qual associa a homossexualidade à pedofilia.

noComment
Dê a sua opinião
witness

Partilhe a sua experiência e envie-nos fotos ou vídeos para o endereço seguinte: witness@euronews.net

Twitter
More from us on Twitter:
follow us: twitter.com/euronews

facebook
React on Facebook:
on our fanpage facebook.com/euronews.fans


Login
Por favor, introduza os seus dados de login