This content is not available in your region

Degustar um kebab em plena floresta

Degustar um kebab em plena floresta
De  Euronews

<p><strong>Postais do Azerbaijão – em pleno Cáucaso, as montanhas encerram muitos tesouros. Mas alguns deles são completamente inesperados, sobretudo para o palato.</strong></p> <div style="width:280px; float:right; margin:20px;"> <div style="border-top: #333 3px double; border-bottom: #333 3px double; font-size:12px; padding-top:16px;"> <h3>Alguns elementos-chave sobre o Azerbaijão:</h3> <ul> <li>Tem como países vizinhos o Irão, a Arménia, a Geórgia e a Rússia</li> <li>A área total é de 86,600 quilómetros quadrados</li> <li>Idiomas: azeri e russo</li> <li>Tem uma população de 9,6 milhões</li> <li>A capital é Baku</li> <li>A esperança média de vida é de 68 anos (homens) e 74 anos (mulheres)</li> <li>Exportações: petróleo e derivados</li> </ul> </div> </div> <p>Viemos até à floresta de Gabala, onde encontrámos pequenos restaurantes onde famílias e amigos vêm degustar, em pequenas cabanas de madeira, o kebab tradicional.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="es"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/Azerbaijan?src=hash">#Azerbaijan</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/kebab?src=hash">#kebab</a> # Gabala Bread is also important. Heating the stone owens <a href="https://t.co/c4xM9zwDZR">pic.twitter.com/c4xM9zwDZR</a></p>— Aurora Velez (@goizlyon) <a href="https://twitter.com/goizlyon/status/883671752777269250">8 de julio de 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>As mulheres ocupam-se do pão, os homens cozinham a carne. Ninguém sabe dizer ao certo quando nasceu este costume de vir fazer uma refeição em plena floresta. Mas a origem deste kebab é bem conhecida.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="es"><p lang="eu" dir="ltr"># Gabala <a href="https://twitter.com/hashtag/women?src=hash">#women</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/bread?src=hash">#bread</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/forest?src=hash">#forest</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/Azerbaijan?src=hash">#Azerbaijan</a> <a href="https://t.co/kA4IoFlStW">pic.twitter.com/kA4IoFlStW</a></p>— Aurora Velez (@goizlyon) <a href="https://twitter.com/goizlyon/status/883684226331181056">8 de julio de 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p><em>“É uma tradição que vem dos pastores que cozinhavam a carne nas pedras de ardósia. Fica pronta em 25 minutos”</em>, diz-nos o chef Zahir Musayef.</p> <p>O convívio é feito na intimidade da floresta, sob a proteção da natureza envolvente.</p>