Última hora

Última hora

O Supremo Tribunal italiano começou, esta quinta-feira, a rever a sentença de 16 anos de prisão do comandante do cruzeiro Costa Concordia que naufragou em janeiro de 2012, ao largo de Itália, provocan
Read full article

more from Notícias

Notícias

Economia

Desporto

Assuntos Europeus

Lifestyle

Conhecimento