Ucrânia: armamento massivo dos civis para travar avanço russo

Ucrânia: armamento massivo dos civis para travar avanço russo

Civis ucranianos registaram-se em massa, no sábado, para lutar, numa tentativa de ajudar a defender o seu país do avanço militar russo.

Civis ucranianos registaram-se em massa, no sábado, para lutar, numa tentativa de ajudar a defender o seu país do avanço militar russo.

Em conversa com a emissora britânica Sky News, um residente do Dnipro disse que inicialmente tinham medo, mas agora sentiam a necessidade de tomar uma posição.

A realidade que muitos ucranianos enfrentam é lutar ou fugir enquanto, as forças russas continuam o seu avanço sobre a capital do país, Kyev.

Um outro residente de Dnipro, Igor Vyazovoy, costumava fazer e encaixar janelas de alumínio, agora encontra-se a pegar em armas em defesa da sua cidade.

"Talvez eu tivesse algumas dúvidas antes, mas agora estou definitivamente pronto, isto é guerra", disse.

O Chefe da Administração Regional do Estado de Sumy, Dmytro Zhivitsky, pediu na sexta-feira que os ucranianos se armassem e preparassem cocktails Molotov para tentar travar as forças em avanço.

A Rússia afirma que o seu ataque à Ucrânia visa apenas alvos militares, mas pontes, escolas e bairros residenciais foram atingidos desde que a invasão começou na quinta-feira com ataques aéreos e de mísseis e com a entrada de tropas russas na Ucrânia vindas do norte, leste e sul.