Vídeo

euronews_icons_loading
Um trabalhador limpa destroços dos bombardeamentos na região de Donetsk, no leste da Ucrânia