Apesar do apoio da Comissária Europeia (dir), a Bulgária (ministro à esq) foi um dos países não aprovados

Espaço Schengen: Croácia entra, Roménia e Bulgária não

Apesar do parecer positivo da Comissão Europeia depois de vários relatórios, não houve unanimidade no Conselho da UE.