Última hora

Berlusconi enfrenta Tribunal Europeu de Justiça

Berlusconi enfrenta Tribunal Europeu de Justiça
Tamanho do texto Aa Aa

A Justiça europeia aperta o cerco a Berlusconi. Esta quinta-feira, Juliane Kokott, Advogada-Geral do Tribunal Europeu de Justiça emitiu um parecer onde crítica a lei italiana que permitiu a Sílvio Berlusconi não ser perseguido pela Justiça de Roma.

O caso data de 2002, quando o presidente do Conselho era acusado de falsificar os balanços de empresas suas. Berlusconi fez promulgar uma lei que mudava os prazos de prescrição o que lhe permitiu escapar ileso. Juliane Kokott considera que a falsificação de balanços deve ser sancionada da mesma forma que a sua não publicação. Em 80% dos casos, os juízes seguem o parecer da Advogada-Geral.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.