Última hora

Última hora

Por causa de Buttiglione socialistas poderão votar contra Comissão Barroso

Em leitura:

Por causa de Buttiglione socialistas poderão votar contra Comissão Barroso

Por causa de Buttiglione socialistas poderão votar contra Comissão Barroso
Tamanho do texto Aa Aa

Os socialistas europeus ameaçam votar contra toda a Comissão Barroso, se Rocco Buttiglione se mantiver no mesmo cargo. Em causa, as declarações do comissário italiano, que considerou a homossexualidade como um pecado.

Martins Schulz, presidente do grupo socialista do Parlamento Europeu, foi claro: “Se Barroso continua assim, se não há mudanças na repartição das pastas, em particular, a do comissário para as Liberdades Civis, Justiça e Assuntos Internos, não vejo como será possível aprovarmos esta Comissão.” O ex-primeiro-ministro português está em périplo pelas capitais europeias. Esta quinta-feira foi recebido em Viena, pelo chanceler austríaco, Wolfgang Schuessel. Durão Barroso, sorridente e surdo às críticas dos eurodeputados, voltou a bater o pé. Diz-se “muito satisfeito” com a equipa que tem e afirmou esperar que a Comissão “receba a confiança do Parlamento Europeu.” Buttiglione, católico e ultra-conservador, recusa renunciar ao posto. Isto depois de ter dado a enteder o contrário, dizendo ter “fé suficiente para renunciar a um emprego na Comissão, se preciso for.”