A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Alemanha: Administração da Opel ameaça encerrar unidade para acabar com greve

Alemanha: Administração da Opel ameaça encerrar unidade para acabar com greve
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de trabalhadores da unidade de produção de peças da Opel, na Alemanha, estão acampados à porta da fábrica. Dia e noite, numa vigília sem precedentes. Uma forma de protesto que está a ameaçar as outras fábricas da Opel na Europa, já que esta paralização faz com que comecem a escassear peças para que outras unidades montem os carros.

Os trabalhadores estão contra um plano de redução de mão-de-obra, perto de 10 mil empregos, que o grupo que detém a Opel – a General Motors -, quer levar avante. A administração não parece estar disposta a ceder neste braço-de-ferro, que dura há vários dias, e já disse que se os trabalhadores continuarem parados, uma das soluções será fechar a unidade de Bocum, pura e simplesmente.