Última hora

Combates em Ramadi vitimam operador de câmara da Reuters

Combates em Ramadi vitimam operador de câmara da Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar de Falluja continuar a ser o grande alvo dos americanos no Iraque, os combates mais impressionantes dos últimos dias registam-se em Ramadi. A estratégia para a cidade de 400 mil habitantes é, declaradamente, conseguir encontrar sunitas que denunciem os responsáveis rebeldes.

Neste braço-de-ferro entre resistentes e forças da coligação, no qual, até ao momento, não há vencedores, os civis são, muitas vezes, quem perde. O homem que captou as imagens dos combates de Ramadi para a agência Reuters, o operador de câmara Dhia Najim, um iraquiano de 55 anos, foi morto com um tiro na cabeça pouco depois de mostrar ao mundo uma realidade sangrenta.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.