Última hora

Última hora

Alta do euro domina reunião do Ecofin

Em leitura:

Alta do euro domina reunião do Ecofin

Alta do euro domina reunião do Ecofin
Tamanho do texto Aa Aa

Os recordes históricos atingidos pelo euro estão no centro do debate, na reunião dos ministros da Economia e Finanças da União Europeia, hoje em Bruxelas.

Os ministros da Zona Euro culpam os Estados Unidos pela situação que levou ao enfraquecimento do dólar e consequente super-valorização da moeda única europeia, que atingiu na semana passada um máximo histórico acima de 1,30 dólares. Gerrit Zalm, ministros das Finanças da Holanda, país que ocupa a presidência rotativa da União, é porta-voz das preocupações: “No que toca às taxas de câmbio, os ministros estão de acordo: a volatilidade e os movimentos desordenados são indesejáveis para o crescimento econmómico. Este último movimento não é bem-vindo”. Palavras que não são mais que a repetição das preocupações de Jean-Claude Trichet, presidente do Conselho de Governadores do Banco Central Europeu, que pela primeira vez foi cabal ao condenar esta alta do euro, considerada prejudicial para as exportações europeias. O assunto vai ser discutido também na reunião de ministros das Finanças do G-7 no fim-de-semana, em Berlim. O secretário norte-americano do Tesouro, John Snow, vai ouvir as críticas do eurogrupo, depois do encontro, esta tarde, com o ministro britânico Gordon Brown.