Última hora
This content is not available in your region

Comissão Barroso assume funções ainda sob polémica

Comissão Barroso assume funções ainda sob polémica
Tamanho do texto Aa Aa

Começa hoje o percurso da nova Comissão Europeia. Depois de quase um mês de impasse, as expectativas criadas em torno da equipa de Durão Barroso aumentaram. Há dossiês como a Turquia ou a dinamização económica que prometem marcar o mandato. Numa perspectiva geral, espera-se para ver se esta será uma liderança forte, depois da discrição de Romano Prodi e da turbulência de Jacques Santer.

Dois terços do Parlamento Europeu votaram a favor da Comissão Barroso. E, quando se julgava que as polémicas tinham terminado, a votação foi ensombrada pelas declarações sobre o Comissário dos Transportes. Nigel Farage, um eurodeputado britânico, revelou que o francês Jacques Barrot já foi condenado pela justiça, facto que ocultou ao europarlamento. O grupo Liberal alegou “abuso de confiança” e pediu a demissão de Barrot, ou pelo menos, a sua suspensão, até o caso estar elucidado. Barrot foi condenado a oito meses de pena suspensa, em 2000, num processo de financiamento partidário ilícito, mas foi, logo de seguida, amnistiado.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.