Última hora

Oposição romena denuncia irregularidades no sufrágio de domingo

Oposição romena denuncia irregularidades no sufrágio de domingo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os resultados preliminares das eleições legislativas e presidenciais na Roménia apontam a vitória de um dos dois partidos pró-europeus rivais. Os primeiros resultados, divulgados quando 50% dos votos se encontravam contabilizados, apontam no entanto para uma diminuição da diferença de votos que separa os ex-comunistas, actualmente no poder, e os rivais de centro-direita.

Segundo os resultado preliminares, o candidato presidencial Adrian Nastase do Partido Social-Democrata lidera o escrutínio com 39%. A uma diferença de apenas 4% encontra-se o candidato da coligação de centro-direita Justiça e Verdade, o presidente da câmara de Bucareste Traian Basescu. Um resultado que levará os dois candidatos a desempatar numa segunda volta presidencial dentro de duas semanas. O mesmo cenário a nível das eleições parlamentares, com os sociais-democratas a obterem 39% até agora, seguidos pela coligação de centro direita com 35% e votos. A extrema-direita do partido Romania Mare surge em terceiro lugar com até agora 13% de votos. Os resultados finais deverão ser conhecidos ao final do dia. Entretanto o partido “Justiça e Verdade”, denunciou irregularidades na votação tendo pedido a abertura de um inquérito à Comissão Eleitoral. Uma acusação confirmada por uma das organizações que supervisionou o escrutínio e que denunciou o desaparecimento de boletins de voto assim como a existência de listas suplementares que permitiriam a alguns eleitores votar duas vezes. As sondagens feitas à boca das urnas no domingo apontavam no entanto a vitória do candidato social-democrata, no poder, por uma diferença de 7 a 9 pontos sobre o seu adversário de centro-direita.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.