Última hora
This content is not available in your region

BCE deixa juros inalterados em dia de novo recorde do euro

BCE deixa juros inalterados em dia de novo recorde do euro
Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu (BCE) manteve a taxa de juro directora inalterada, na reunião desta quinta-feira. O conselho de governadores do BCE preferiu deixar o preço do dinheiro nos dois por cento e adiar uma provável subida. Isto porque as altas no preço do petróleo e na cotação do euro, face ao dólar, estão a atrasar a retoma da Eurozona.

No dia em que o euro atingiu mais um recorde, o presidente do BCE, Jean Claude Trichet, não quis alongar-se sobre o assunto: “Estes movimentos não são bem-vindos. sobre uma eventual intervenção, não quero fazer comentários”, disse. Depois de algum alívio na primeira metade do ano, a moeda única europeia subiu em flecha, face ao dólar, nos últimos meses. Desde o início de Outubro, o euro subiu cerca de dez cêntimos de dólar.Os recordes sucedem-se. Na manhã desta quinta-feira, a moeda europeia chegou perto de 1,34 dólares. Segundo muitos analistas, 1,35 é o limite para uma intervenção do BCE. As políticas monetárias norte-americanas são apontadas como a principal culpada para a queda do dólar. Os decisores europeus exigem mais acção, mas Trichet parece querer falar pouco.