Última hora

Terminou o assalto ao Consulado norte-americano em Jiddah, na Arábia Saudita

Terminou o assalto ao Consulado norte-americano em Jiddah, na Arábia Saudita
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As forças de elite sauditas já retomaram o controlo do Consulado dos Estados Unidos em Jiddah, na Arábia Saudita. De acordo com as agências noticiosas internacionais, cinco pessoas tentaram esta manhã lançar um veículo carregado de explosivos contra a missão diplomática americana.

Depois eclodiu um tiroteio no qual quatro guardas morreram. Outros 18 funcionários terão sido feitos reféns, ou pelo menos ficaram bloqueados no interior do edifício. De seguida, a Guarda Nacional saudita tomou de assalto o complexo da cidade portuária nas margens do Mar Vermelho. Dois membros do comando foram detidos e outros três abatidos pelo exército, uma informação avançada pelo Ministério do Interior saudita. O porta-voz da Embaixada dos Estados Unidos em Riade afirmou à AFP que “não há vítimas norte-americanas” em resultado do ataque ao consulado de Jiddah. Todos os funcionários foram já localizados e encontram-se em segurança O ataque ao consulado dos Estados Unidos em Jiddah provocou uma subida do preço do petróleo nos mercados internacionais.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.