Última hora

Última hora

Celebrações xiitas marcadas pela violência no Iraque

Em leitura:

Celebrações xiitas marcadas pela violência no Iraque

Celebrações xiitas marcadas pela violência no Iraque
Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois da divulgação dos resultados oficiais no Iraque, que confirmaram a vitória xiita, dois atentados atingem esta comunidade. No subúrbio de Dora, a sul de Bagdad, um homem entrou na mesquita de al Kadhimain com um cinturão de explosivos e fez-se explodir. Catorze pessoas foram mortas e 42 ficaram feridas. Na mesquita encontravam-se centenas de fiéis que se preparavam para a oração de sexta-feira.

Pouco depois, uma segunda explosão atingiu a mesquita de Ali al-Baia onde três pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas.A polícia pensou tratar-se inicialmente de uma granada tendo confirmado mais tarde que os dois atentados foram executados por kamikazes. Este ataques ocorrem numa altura em que os xiitas celebram a Achura, uma das datas mais importantes do calendário religioso que assinala a morte do neto do profeta Mahomé, e que amanhã culmina com uma série de manifestações em Kerbala e Bagdad. O ano passado 170 pessoas foram mortas durante a realização deste festejos.