Última hora
This content is not available in your region

UE presta homenagem às vítimas do 11 de Março

UE presta homenagem às vítimas do 11 de Março
Tamanho do texto Aa Aa

No primeiro Dia Europeu das Vítimas do Terrorismo, a União Europeia recordou com diversos actos institucionais os que perderam a vida o ano passado em Madrid. O Parlamento Europeu (PE) organizou um encontro com adolescentes em Bruxelas.

“O sofrimento provocado por estes ataques terroristas não afecta só os que morreram nos atentados, como também as suas famílias e toda a sociedade, porque o medo continua, está aí depois de cada atentado e afecta-nos a todos”, declarou uma estudante. Estiveram presentes no encontro, promovido pelo PE, 500 alunos de três escolas da capital belga. “O terrorismo não é, nem nunca será, a reposta certa para seja o que for; mas acredito que há mais do que um caminho para tentar erradicá-lo”, defendeu outro discente. O vice-presidente do Partido Popular Europeu, Jaime Mayor Oreja, apelou aos jovens para se mobilizarem na luta contra o terrorismo, algo com que “terão de conviver”: “A primeira coisa a fazer é tomar consciência da gravidade do problema. A segunda é utilizar todos os instrumentos do Estado de Direito para derrotá-lo. Em terceiro lugar é preciso saber mobilizar a sociedade, para que ela não deixe os políticos sós no combate ao terrorismo, muito pelo contrário é necessário que a sociedade participe nesta grande batalha”. A presidência da União levou para cada uma das reuniões deste 11 de Março uma declaração em que reafirma o seu compromisso de lutar contra o terrorismo,dentro do quadro de valores e direitos fundamentais partilhado pelos europeus. Palavras repetidas pelo presidente da Comissão, Durão Barroso.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.