Última hora
This content is not available in your region

França apresenta plano de luta contra imigração ilegal na reunião do G5

França apresenta plano de luta contra imigração ilegal na reunião do G5
Tamanho do texto Aa Aa

A reunião dos ministros do Interior do G5, esta quinta-feira em Paris, vai ficar marcada pela apresentação do plano de combate à imigração clandestina francês.

O ministro do Interior Dominique de Villepin apresentou o documento na passada terça-feira ao presidente da República, Jacques Chirac, e ao primeiro-ministro Jean-Pierre Raffarin e a primeira grande medida anunciada é que a França não vai legalizar entre 200.000 e 400.000 pessoas que se encontram em situação irregular no país. Em conferência de imprensa, Dominique de Villepin defendeu “uma política extrema de rigor e de restrição em relação à imigração ilegal”, afirmando que o Estado francês não pode, por um lado, fazer esforços de integração e, por outro, ter um país permeável que “todos os dias vê aumentar a chegada de imigrantes em situação ilegal”. Um dos temas em discussão na reunião do G5, onde estão representados a França, a Espanha, a Alemanha, a Itália e o Reino Unido, vai ser o controlo das fronteiras exteriores ao espaço Schengen, partilhado actualmente por 13 dos 25 Estados-membros, mais a Noruega e a Islândia. Este controlo passa de acordo com o governo francês por uma harmonização das regras de entrada no Espaço Schengen, mas se não houver unanimidade em relação a esta harmonização, então Paris defende uma maior cooperação entre os Estados.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.