A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Eleições antecipadas na Alemanha depois de derrota da SPD nas regionais

Eleições antecipadas na Alemanha depois de derrota da SPD nas regionais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Fuga para a frente. É desta forma que o chanceler alemão Gerhard Schroeder enfrenta a derrota sofrida nas eleições regionais da Renânia do Norte Vestefália. O que por outras palavras quer dizer eleições gerais antecipadas na Alemanha.

A CDU acabou assim com quase 40 anos de reinado social-democrata nesse lande alemão. Outono deste ano é a altura ideal para a realização do escrutínio, inicialmente previsto para dentro de ano e meio. Schroeder diz que precisa do apoio da população para levar a cabo as reformas a que se propôs fazer. Por isso considera seu dever e obrigação pedir ao presidente da República que avalie a possibilidade de antecipar as eleições, de modo a que o sufrágio seja realizado ainda este ano A decisão apanhou de surpresa não apenas os militantes do SPD, mas também a oposição conservadora e liberal. Desta forma, o chanceler pretende colocar um ponto final ao bloqueio no parlamento federal, onde o SPD, com o apoio dos Verdes, apenas tem uma escassa maioria de três deputados. Os resultados oficiais na Renânia indicam 44,8 por cento para a CDU, 37,1 para o SPD e 6,2 para os liberais. Os Verdes conseguiram 6,2 por cento dos votos.