A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Nova vaga de ataques no Iraque

Nova vaga de ataques no Iraque
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos cinco novos atentados abalaram esta manhã o Iraque, depois do exército norte-americano ter anunciado a detenção de quase 300 guerrilheiros no quadro de uma operação anti-terrorista. Em Kirkouk no norte do país, um camião armadilhado explodiu junto à sede da administração local matando pelo menos sete pessoas e ferindo outras treze. A deflagração atingiu a comitiva que acompanhava um responsável da União Democrática do Curdistão que ficou ligeiramente ferido no ataque.

Outros atentados vitimaram mortalmente três soldados norte-americanos, em Mossul e Tikrit. Dois militares iraquianos foram igualmente mortos por tiros de morteiro num quartel de Samarra. Na capital, o assessor do primeiro-ministro iraquiano, Wael Rubaie, foi a mais recente vítima de uma onda de ataques que nas últimas semanas visou vários responsáveis políticos próximos do novo executivo.

O recém-nomeado responsável pelo combate contra a guerrilha iraquiana foi morto durante uma emboscada no bairro de Mansur. O atentado foi reivindicado pelo braço iraquiano da Al-Qaida. Nas últimas horas um novo ataque voltou a agitar a capital, depois de uma bomba explodir num restaurante na zona de Tabyilia, durante a hora de almoço, provocando um número indeterminado de vítimas.