Última hora
This content is not available in your region

Hamas rejeita participação em governo palestiniano de unidade nacional

Hamas rejeita participação em governo palestiniano de unidade nacional
Tamanho do texto Aa Aa

O movimento islâmico Hamas recusa-se a integrar um governo palestiniano de unidade nacional. O anúncio feito por um dos porta-vozes do grupo, sugere uma nova derrota nos projectos de Mahmoud Abbas com vista a garantir a paz na faixa de Gaza durante e após a anunciada retirada do exército israelita.

Para o porta-voz do Hamas, Mushir Al-Masri, “formar um governo de unidade nacional nesta altura tardia é inútil”. O movimento, compromete-se no entanto a integrar um comité nacional unitário que tenha por missão supervisionar a retirada israelita da faixa de Gaza. O Hamas que goza de cada vez mais popularidade nos territórios palestinianos recusa assim, depois da Jihad Islâmica, o convite formulado na quinta-feira pelo partido Fatah e desde então repetido pelo primeiro-ministro e presidente palestinianos. Uma proposta criticada por Israel, que exige à autoridade palestiniana o desarmamento do movimento como condição essencial para iniciar uma retirada pacífica em meados de Agosto. As negociações entre Mahmoud Abbas e os líderes do Hamas estavam previstas para a próxima quinta-feira em Damasco. Jihad Islâmica e Hamas, apelam agora à autoridade palestiniana para que acelere o processo eleitoral.