Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Surgem as primeiras pistas dos atentados de Londres

Surgem as primeiras pistas dos atentados de Londres
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades britânicas estão decididas a não deixar nada ao acaso para descobrirem os culpados dos ataques de Londres. No coração da capital britânica, em quatro tendas, para cada um dos quatro atentados, depositam-se os elementos recolhidos nos locais das explosões. Os investigadores descobriram impressões digitais numa das bombas e pensam que pelo menos quatro pessoas agiram em conjunto para executar os ataques. A polícia suspeita que as bombas terão sido fabricadas pela mesma pessoa com explosivos de origem militar, provalvelmente, provenientes dos Balcãs. Os médicos legistas estão a observar com particular cuidado dois cadáveres do autocarro, um deles poderá ser o de um bombista suicida.

Tony Blair disse, na Câmara dos Comuns, estar convencido de que os ataques foram cometidos pelos mesmos extremistas que provocaram os atentados de Madrid e Nova Iorque. Pela primeira vez, a Europa está unida num único objectivo. A polícia britânica reuniu em Londres os serviços de informação de 28 países, Interpol e Europol e a cooperação começa a dar frutos. A Polónia investiga um cidadão britânico de origem paquistanesa que foi já interpelado pela polícia e o seu apartamento, em Lublin, revistado.