Última hora
This content is not available in your region

Suspeito de tentativa de homicídio de Bush foi detido na Geórgia

Suspeito de tentativa de homicídio de Bush foi detido na Geórgia
Tamanho do texto Aa Aa

Foi detido o homem suspeito de ter lançado uma granada na direcção do presidente norte-americano em Maio, no dia em que Bush estava na Geórgia.

Dezenas de agentes invadiram um bairro de Vashlijvari, nos subúrbios de Tbilissi, onde o suspeito se escondia. O homem em causa ainda resistiu à detenção, houve tiros, um polícia morreu, o suspeito fugiu. Depois mais tarde foi ferido e acabou finalmente detido. O ministro do Interior ofereceu na segunda-feira uma recompensa de 75 mil dólares por informações sobre o paradeiro do suspeito. Três dias depois da foto ter sido tornada pública, foi preso, mas ainda não é claro que a detenção tenha resultado de alguma denúncia. Dez de Maio foi o dia em que a granada foi lançada na direcção do presidente norte-americano. Bush estava em Tbilissi com o homólogo Mikhail Saakachvilli num palco e perante uma massa gigante de milhares de pessoas. De acordo com o FBI, a granada estava activa e só não rebentou porque houve avaria no dispositivo de ignição.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.