Última hora
This content is not available in your region

Acidente aéreo em Toronto termina sem vítimas mortais

Acidente aéreo em Toronto termina sem vítimas mortais
Tamanho do texto Aa Aa

O aparatoso acidente que envolveu o Airbus A340 da Air France causou dezenas de feridos. O aparelho despistou-se ao aterrar no Aeroporto Internacional Pearson em Toronto, no Canadá. Saiu da pista e incendiou-se. O incidente ocorreu pouco depois das quatro da tarde locais, nove da noite de terça-feira em Lisboa.

O Airbus levava mais de 300 pessoas, entre passageiros e tripulação. O voo partiu de Paris com destino a Toronto. As autoridades locais afirmam que o avião derrapou e saiu da pista após a aterragem. O acidente ocorreu numa altura de intensas chuvas e fortes trovoadas. Chegaram a registar-se testemunhos de passageiros que afirmaram que o Airbus tinha sido atingido por um relâmpago. Um dos passageiros afirma que, “no interior do aparelho, as pessoas saltaram e foram projectadas umas contra as outras”. Outro garante que “já viu tanques de gasolina incendiarem-se, mas nada comparável com este acidente incrível, devido ao fumo e ao fogo. Não haver vítimas mortais é, por si só, incrível”, afirmou. O aparelho ficou dividido em duas partes. Parou fora da pista, junto a uma das principais autoestradas nos arredores de Toronto, a principal cidade do Canadá. Qause todos os passageiros saíram pelo seu próprio pé, ao que tudo indica antes de ter deflagrado o incêndio. Um inquérito conjunto franco-canadiano vai ser instaurado. O inspecção ao aparelho foi feita em Julho, o Airbus foi adquirido pela Air France novo, em Setembro de 1999. O Aeroporto Internacional de Toronto, o mais importante do país, por onde passam anualmente perto de 25 milhões de pessoas, encerrou temporariamente ao tráfego aéreo. Os voos foram desviados para aeroportos vizinhos.