A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Khodorkowski: milionário russo faz greve de fome na cadeia

Khodorkowski: milionário russo faz greve de fome na cadeia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Media russos estão a destacar a história de Mikkail Khodorkowsky, o milionário russo do petróleo caído em desgraça quando começou a mostrar interesse pela política, que está em greve da fome para denunciar os maus tratos que terá sofrido o seu companheiro de infortúnio, Platon Lebedev. Quando o amigo foi colocado numa cela em isolamento (na solitária) Khodorkowsky considerou que ele estava sob tortura.

A porta-voz de Khodorkowsky explicou, a propósito, que há um limite para o que um homem pode suportar. Já chega de humilhações, de violação da lei, diz. O famoso detido não só anunciou, ontem, que deixava de comer como até de beber água. Ao mesmo tempo, dava o acordo para a apresentação da sua candidatura à Duma, a câmara baixa do parlamento russo, dando assim início, de facto e de direito, à sua carreira política. Até agora, apenas afirmava não se opôr à ideia de vir a ser deputado e antes da sua detenção estaria a financiar um partido opositor de Putin. “Da Prisão à Duma”, como anunciava hoje um jornal, pode vir a ser uma realidade.