Última hora

Última hora

Um ano depois da tragédia de Beslan, as famílias prestam homenagem às 331 vítimas da tomada de reféns, 150 das quais eram crianças

Em leitura:

Um ano depois da tragédia de Beslan, as famílias prestam homenagem às 331 vítimas da tomada de reféns, 150 das quais eram crianças

Um ano depois da tragédia de Beslan, as famílias prestam homenagem às 331 vítimas da tomada de reféns, 150 das quais eram crianças
Tamanho do texto Aa Aa
A romagem ao que resta do edifício da escola número 1 para depositar flores começou às primeiras horas da manhã. Durante três dias os cidadãos de Beslan recolhem-se no edifício que foi palco do drama da tomada de reféns que começou no dia 1 de setembro, dia da abertura do ano escolar e terminou no dia 3 com o assalto das forças russas. A segurança foi reforçada na cidade.Nos último dias as famílias tinham pedido a não presença das autoridades da Ossétia do Norte e de representantes de Mosocovo nestas cerimónias.