Última hora

Egipto: comissão eleitoral recusa repetição de sufrágio

Egipto: comissão eleitoral recusa repetição de sufrágio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Egipto decorre a contagem dos votos das eleições presidenciais, com as previsões a darem uma vantagem confortável ao presidente Mubarak.

O sufrágio, o primeiro com mais de um candidato, teve o condão de inaugurar o debate político naquele país islâmico, sobretudo com a participação de Ayman Nour, do partido Ghad, o mais mediático candidato, dos nove que concorreram àsubstituição de Mubarak. O partido de Ayman Nour pedia a repetição do sufrágio, por alegadas fraudes e abusos generalizados nas assembleias de voto. No entanto, a Comissão Nacional de Eleições egípcia já rejeitou qualquer hipótese de repetir o acto eleitoral. Em caso de vitória, Hosni Mubarak, com 77 anos e há 24 anos no poder garante mais um mandato até ao ano 2011.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.