A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Reino Unido: resultados modestos na luta contra o preço do petróleo

Reino Unido: resultados modestos na luta contra o preço do petróleo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A jornada de luta dos transportadores britânicos contra a escalada de preços dos combustíveis saldou-se por um certo fracasso. Mas os efeitos colaterais acabaram por provocar algumas rupturas, nos circuitos de distribuição. Gasolina e gasóleo faltaram em muitas bombas, que esta quarta-feira tiveram uma procura anormal. Assustados com os possíveis resultados da jornada de luta, milhares de automobilistas acorreram às estações de serviço, provocando filas intermináveis e o fim de alguns produtos.

Ao meio dia, a situação era já considerada normal, com a regularização do abastecimento, nos principais postos. Para isso contribui o funcionamento das refinarias, cuja laboração não foi alterada. Na refinaria Shell de Jarrow, no nordeste do país, juntaram-se alguns transportadores que, no entanto, não bloqueram a saída dos camiões-cisterna. Outra reunião juntou uma dezena de manifestantes, no terminal petrolífero de Purfleet. Mas na memória de muita gente estava uma jornada idêntica, efectuada em 2000, que provocou rupturas de abastecimento, em 90% dos postos.