Última hora
This content is not available in your region

Têxteis chineses já estão nas lojas europeias

Têxteis chineses já estão nas lojas europeias
Tamanho do texto Aa Aa

Já começaram a chegar às lojas da Europa os têxteis chineses que estavam bloqueados, há várias semanas, nas alfândegas da União. Esta quarta-feira, no porto belga de Antuérpia, a actividade começou logo de manhã. Alfandegários e importadores começaram a verificar as mercadorias, que os transportadores levaram depois para as lojas de Bruxelas.

Está, enfim, resolvida a crise dos têxteis chineses. Segunda-feira, foi dada a luz verde final, ao acordo alcançado entre Bruxelas e Pequim. União Europeia e China aceitaram partilhar o impacto destas importações – que ultrapassavam largamente as quotas para este ano, acordadas em Junho. Bruxelas desembarga os 80 milhões de peças de roupa ‘made in China’, metade das quais a Europa recebe extra-quotas; a outra metade será descontada das exportações chinesas previstas para 2006. Se os grandes importadores estão satisfeitos com o desenlace, os pequenos comerciantes queixam-se de que este novo sistema de quotas vai ser extremamente difícil de gerir.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.