Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Viena pede mais transparência ao Irão

Viena pede mais transparência ao Irão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os governadores da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) reuniram-se nesta segunda-feira para preparar o próximo passo em relação ao Irão. A pressão é grande. O Irão recusa abandonar o programa nuclear, que garante ser para fins pacíficos.

Mohammed El Baradei pediu a Teerão mais transparência, acesso a locais suspeitos e entrevistas com personalidades-chave. Aos jornalistas afirmou que “infelizmente as negociações como Irão estão num impasse, num período de confronto e ameaças políticas. Talvez nesta semana se criem as condições necessárias para o regresso à mesa das negociações”. No mês passado, Teerão quebrou os selos de segurança colocados pelos inspectores de Viena e reiniciou as actividades de processamento de urânio, o passo antes do enriquecimento. À porta de sede da AIEA dezenas de iranianos exilados manifestaram-se. Exigiam que Teerão fosse levado ao Conselho de Segurança da ONU para que os inspectores regressem ao Irão.