A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

IRA entrega o maior arsenal clandestino da Europa

IRA entrega o maior arsenal clandestino da Europa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dois meses depois de ter anunciado o fim da luta armada, o Exército Republicano Irlandês entregou todo o armamento de que dispunha.

A deposição da totalidade de armas clandestinas foi confirmada pelo responsável máximo da Comissão Internacional de Desarmamento, John de Chastelain, depois desemanas de negociações com representantes do IRA. “Informámos os governos britânico e Irlandês que observámos e verificámos a destruição de grandes quantidades de armas, que acreditamos equivaler à totalidade do armamento que o IRA possuía”. Apesar de esta acção ter sido um passo de inportância vital para o processo de paz na Irlanda do Norte, as reacções oficiais foram cautelosas, tanto da parte do governo Irlandês, como da parte do primeiro-ministro britânico Tony Blair que afirmou: “Este é um momento há muito esperado. Depois de anos de paciência, perseverança e desilusões, sempre acreditámos que a Irlanda do Norte teria um futuro diferente e melhor” O desmantelamento da capacidade bélica do IRA fazia parte de uma resolução tomada no acordo de sexta-feira santa de 1998. O armamento agora destruído era considerado um dos maiores arsenais ilegais na Europa. A medida marca o fim de um conflito que se arrastou durante mais de 30 anos e que provocou cerca de 3.500 mortos.