Última hora
This content is not available in your region

Novo pesadelo no paraíso turístico de Bali, na Indonésia.

Novo pesadelo no paraíso turístico de Bali, na Indonésia.
Tamanho do texto Aa Aa

A ilha de Bali, na Indonésia, voltou a ser sacudida por uma série de atentados, fazendo recordar os ataques de há 3 anos.

Um balanço provisório dos serviços hospitalares dá conta de 25 mortos, muitos dos quais estrangeiros que jantavam em restaurantes junto às praias de Jimbaran e Kuta.Kuta tinha já sido o alvo dos atentados que no dia 12 de Outubro de 2002 mataram 202 pessoas. Tal como há 3 anos, as explosões têm, segundo especialistas, a marca da Jemaah Islamiah, uma facção regional da Al-Qaida. O líder da Jemaah Islamyah, Abu Bakar Bashir, já negou qualquer envolvimento nos atentados de ontem. Bashir cumpre uma pena de 2 anos de prisão por conspiração para a realização dos atentados de 2002.O presidente da Indonésia, que se desloca a Bali este domingo, qualificou os atentados de “actos terroristas” e prometeu “deter e punir os culpados”. Com poucos minutos de intervalo, seis bombas explodiram em 3 restaurantes de Jimbaran e de Kuta repletos de turistas. Para além dos mortos há a registar 87 feridos graves.