Última hora

Última hora

Autoridades britânicas apreendem bens imobiliários ligados ao IRA

Em leitura:

Autoridades britânicas apreendem bens imobiliários ligados ao IRA

Autoridades britânicas apreendem bens imobiliários ligados ao IRA
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades britânicas apreenderam hoje 250 propriedades domésticas e comerciais da zona de Manchester.

A operação visou averiguar as ligações entre o IRA e Thomas “Slab” Murphy e o eventual branqueamento de capitais da organização norte-irlandesa em negócios imobiliários. Nas buscas realizadas, foram ainda apreendidas centenas de documentos e diversos bens móveis. Caso seja comprovada a aquisição fraudulenta, os bens apreendidos serão vendidos em hasta pública. Esta acção policial coincidiu com a recepção por Tony Blair das duas principais personalidades políticas norte-irlandesas. Gerry Adams, líder do Sinn Fein, o braço político do IRA, estava ao final da tarde em contacto com Tony Blair. O reverendo Ian Paisley encontrou-se em primeiro lugar com o chefe de governo britânico e, à saída, deixava alguns avisos: “Estamos a reclamar os nossos direitos e estamos determinados, com a graça de Deus, a conseguir esses direitos para o povo da Irlanda do Norte”. No encontro com Blair, o líder unionista apresentou um documento de 60 páginas com as condições prévias a satisfazer para aceitar negociar directamente com o Sinn Fein.