Última hora

Wilma fustiga Florida

Wilma fustiga Florida
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Chegou ao sul da Florida com chuvas torrenciais e rajadas de vento na ordem dos 200 quilómetros por hora.

O olho do furacão Wilma entrou em território norte-americano perto da cidade de Naples esta madrugada. Uma pessoa já morreu e de acordo com o governador da Florida, Jeb Bush, verificou-se a ocorrência de vários tornados. Cerca de 2 milhões de lares estão sem electricidade. A medida que continuou a sua incursão pela Florida, o fenómeno atmosférico perdeu intensidade e baixou para a categoria 2. O Wilma esteve já classificado como um furacão de nível 5 e o mais violento alguma vez registado no Atlântico. Na sua passagem pelo mar das Caraíbas em direcção à Florida o furacão fez vários mortos e causou inúmeros danos materiais, nomeadamente no paraíso turístico de Cancun no México. As autoridades mexicanas estão a desenvolver esforços no sentido de controlarem as pilhagens e assegurar a distribuição de bens de primeira necessidade nas zonas mais afectada.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.