Última hora
This content is not available in your region

Israel já tem data marcada para as eleições legislativas antecipadas

Israel já tem data marcada para as eleições legislativas antecipadas
Tamanho do texto Aa Aa

Ariel Sharon demitiu-se do Likud, partido israelita de direita, e obteveautorização do presidente Moshe Katsav para dissolver o parlamento. Foi assim que se desenrolou o início do terramoto político em Telavive.

O agora primeiro-ministro demissionário está livre para assumir a chefia de um partido de centro-direita, fundado por ele próprio. Na apresentação desta nova força política, Sharon anunciou que não coloca de parte o desmantelamento de colonatos na Cisjordânia e que vai trabalhar para conseguir a paz com os palestinianos. O presidente israelita Katsav, a quem Sharon disse não ter condições para governar, face à oposição de deputados de extrema-direita do Likud, convocou eleições legislativas antecipadas para 28 de Março. Na linha da frente para suceder a Sharon no Likud está Benjamin Netanyahu, antigo primeiro-ministro. Quem vê com bons olhos a antecipação da data do escrutínio é o Partido Trabalhista depois de recentemente Shimon Peres ter perdido a liderança para Amir Peretz. Sharon vai continuar no cargo de primeiro-ministro ate à eleição de um novo governo.